Utilidade Pública - 05 Plantas medicinais fáceis de cultivar em casa - Clínica Médica Popular Dr. Vale - Taubaté/SP
516
post-template-default,single,single-post,postid-516,single-format-standard,bridge-core-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode-theme-ver-18.0.8,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive

Utilidade Pública – 05 Plantas medicinais fáceis de cultivar em casa

Utilidade Pública – 05 Plantas medicinais fáceis de cultivar em casa

O cultivo de plantas, tanto ornamentais quanto medicinais, sempre é uma boa pedida para quem pretende obter ambientes mais agradáveis, confortáveis e, também, úteis.

Confira agora, uma lista de 05 tipos de plantas, relativamente fáceis de cultivar, que podem lhe prover inúmeros benefícios à saúde ao serem consumidas:

1. Manjericão (Ocium Basilicum)

O manjericão, comumente utilizado na culinária, desde a confecção de molhos até saladas, também é usado em febres e inflamações de garganta. Porém, seu maior uso é no combate ao cansaço e depressão leve, por servir como um ativador do sistema imunológico. Também pode ser usado no combate de parasitas intestinais, tratamento de acnes e, também, ótimo para dores articulares, quando usado em uma compressa com suas folhas maceradas.

2. Melissa (Melissa officinalis)

A melissa, da família das mentas e originária do Oriente, é uma planta muito aromática, também utilizada na culinária para o preparo de saladas, peixes ou pratos doces. Já na medicina popular, com efeitos conhecidos desde a Grécia antiga, era e é usada como sedativo leve e em problemas do sistema nervoso.

3. Sálvia (Salvia officinalis)

A sálvia, originária do Mediterrâneo, mas com uma variedade de espécies espalhadas pelo mundo, tem inúmeras aplicações medicinais: Desde chás e infusões, para tratar todos os tipos de catarro, até para a inalação e para lavar feridas infeccionadas. Na cozinha, costuma ser usada no tempero de carnes.

4. Capim-limão (Cymbopogon citratus)

O Capim-Santo ou Capim-Limão, é originário da Índia e também participa tanto da culinária quanto na medicina popular. No Brasil, costuma ser usado na forma de chá, para servir de calmante, com efeito anestésico sobre dores estomacais, relaxante do sistema nervoso e em casos de depressão leve.
O suco fresco das folhas também pode ser usado como refresco.

5. Losna (Artemisia absintum)

A losna, por seu amargor, não costuma ser utilizada na culinária, como as outras plantas acima. Porém, é uma erva poderosa, com qualidades medicinais reconhecidas desde a antiguidade.
Atualmente, já existem estudos que demonstram a capacidade da losna até no combate ao câncer. Mas, na medicina popular, essa, como outras ervas amargas, são normalmente usadas para tratar problemas hepáticos.

Sem Comentários

Deixe seu comentário